Bem-Vindos

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

A HISTÓRIA DO REI SALOMÃO - ELEVAÇÃO E DECADÊNCIA

Texto: 2 Crônicas 1. 7-13

- O texto é bastante conhecido. É clássico. Aqui Salomão, o rei de Israel, pede a Deus sabedoria para viver, sabedoria para reinar.

- A sabedoria proposta pelo texto engloba:
• Conhecimento, discernimento;
• Diz respeito a uma capacidade sobrenatural para fazer o certo;
• Optar sempre pelo caminho do bem;
• Fazer escolhas certas
• Andar sempre na vereda da justiça;

- Foi esse tipo de sabedoria que Salomão pediu a Deus.

- Deus apareceu a Salomão e disse: “Pede-me o que queres que eu te dê”. Era uma excelente oportunidade para Salomão pedir:
• Riqueza
• Fama
• Poder
• Prestígio
• Longevidade
• A morte de seus inimigos
• Dias felizes

- Mas, ele não pediu nada disso, ele clamou por sabedoria.

- Algo muito diferente acontece nos nossos dias.
• Muitos procuram as Igrejas não para buscar uma benção espiritual, mas material.
• Vivemos numa sociedade materialista e consumista, e muitos que buscam as Igrejas são também materialistas e consumistas.
• E o materialismo é fomentado, estimulado, pela pregação popular: “Aceite Jesus que a sua vida vai mudar. Você terá prosperidade, saúde e um bom emprego”.
• As igrejas estão lotadas de consumidores e exploradores, mas poucos adoradores.
• Salomão escolheu a melhor parte: Uma benção espiritual – sabedoria para viver

PORQUE SALOMÃO PEDIU A DEUS SABEDORIA?

- O versículo 9 responde: porque Deus o constituiu rei sobre um povo numeroso.

- E nessa tarefa Salomão tinha consciência de três fatos:

• 1º) Ele conhecia a história dos seus antecessores: Saul e Davi.
• 2º) Ele conhecia a história do seu povo.
• 3º) Ele conhecia a história do seu próprio coração, e ele sabia que o seu coração era corrupto.

- Charles Spurgeon, pregador batista do século 19, afirmou que o cristão deve sempre trazer nas mãos duas coisas:  em uma delas, a Palavra de Deus; na outra, o jornal do dia.  O jornal do dia para apresentar os fatos, e a Palavra de Deus para julgar esses fatos.

- Quando nós abrimos as páginas do nosso “jornal do dia” percebemos que há uma palavra que se destaca: Corrupção. Mas, o que é corrupção?
• Estamos acostumados a aliar o termo corrupção à desonestidade.
• Mas, a Palavra de Deus apresenta um aspecto mais amplo para o termo.
• Corrupção é quando obedecemos aos desejos, aos caprichos, às ordens, aos ditames do nosso coração. Quando isso acontece, inevitavelmente entramos em corrupção.

- Mas, o que há de errado com o nosso coração?  Há dois textos que apresentam os bastidores do nosso coração.

1. O primeiro deles está em Jeremias 17.9, diz: “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?” Notem a força do texto! Jeremias está descrevendo o coração do homem como sendo desesperadamente corrupto. Podemos entender o texto da seguinte forma: se você tivesse a capacidade de perscrutar o meu coração você entraria em desespero devido o grau de malignidade que nele há. Da mesma forma eu entraria em desespero se sondasse o seu. Por isso Jeremias diz que nós não devemos confiar no nosso coração, pois ele é enganoso, não é confiável, é corrupto!

2. O segundo texto está no Novo Testamento. Em Mateus 15.18-19. No contexto os fariseus estavam censurando os discípulos de Jesus que comiam sem lavar as mãos, visto que os fariseus haviam inventado mais uma regra de purificação. Jesus os repreende e aborda sobre a corrupção do coração humano dizendo o seguinte: “Mas o que sai da boca vem do coração, e é isso que contamina o homem. Porque do coração procedem maus desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias”.

- Então, por causa da história dos seus antecessores, da história do povo de Israel e da história do seu próprio coração, Salomão pediu a Deus sabedoria.

- O versículo 11 deixa claro que esse pedido agradou muito a Deus, porque nesse pedido Salomão revelou duas coisas:
• 1º - Sua profunda humildade
• 2º - A sua total dependência de Deus

- O que acontece com aqueles que usam da sabedoria de Deus em sua vida?
• 1º) Felicidade ( 1 Reis 10. 8 )
• 2º) Paz ( 1 Reis 5. 12)
• 3º) Respeito ( 1 Reis 3. 28)

- Agora, o que acontece com aqueles que não aplicam a sabedoria de Deus na sua vida? Infelizmente o próprio Salomão é um resposta-viva. (Confiram em 1 Reis 11. 1-8)
• Salomão perdeu a sabedoria. E o que aconteceu com ele?
• Nesse período da sua vida Salomão escreveu um Livro chamado Eclesiastes.
• Você percebeu o tom pessimista do livro?
• “Tudo é Vaidade!” Vaidade nas Escrituras é algo sem valor, sem propósito.
• A mensagem que o Espírito Santo apresenta em Eclesiastes é: Aquele que não aplica a sabedoria de Deus na sua vida nada nesse mundo tem valor, tem propósito, tem objetivo.
• E a ilustração que Salomão dá é de uma pessoa correndo atrás do vento.


- Finalmente, irmãos, em que consiste a verdadeira sabedoria? O que é ser sábio? (Confiram no Salmo 111.10)
• E o que é temer? É obedecer.
• Aqueles que obedecem a Deus são sábios.

APLICAÇÃO

- Certamente você não tem um reino como Salomão, porém responsabilidades profundas se apresentam na carreira e vida cristã. Dentre as muitas obrigações destaco, segundo acredito, a maior delas: a Família. Você que é homem, sacerdote do seu lar, a família é o seu pequeno “reino”. A tarefa é extremamente difícil! Relacionamento com a esposa, criação de filhos e tarefas seculares nas desafiam diariamente. É justamente por isso, que eu e você, necessitamos da sabedoria e do poder do Alto. Amem!

Pr. Naziaseno Cordeiro Torres

3 comentários:

Darlan Rios disse...

ÓTIMA EXPOSIÇÃO DA PALAVRA DE DEUS.
Um abraço Pastor.

Naziaseno disse...

Valeu, Darlan.

Abraço

disse...

eu gostaria de saber porque motivo salomão perdeu a sabedoria?