Bem-Vindos

sábado, 21 de agosto de 2010

Chamados à Pureza e a Perseguição

Barney e Cindy
Aquele que se coloca "na brecha" e tentar respirar o ar fresco e renovador da teologia reformada e, ao mesmo tempo, veda qualquer possibilidade de abrir espaço para o erro, o engano, é qualificado do outro lado do muro de intolerante, presunçoso, arrogante e puritano (ou neo). Esse último termo é o preferido do momento.
Até no meio reformado-calvinista percebo que muitos passeiam com a verdade tendo nela posto colera. Muitos teólogos doutos estão com a verdade sim - da mesma maneira que eu passeio com os meus poodles nas tardes do interior baiano, acorrentados.
Gostaria de ouvir muita gente boa andando livremente com a verdade: deixe-a passear soltamente nos jardins dos nossos cultos e liturgias. Quando isso acontecer ela retornará  trazendo, não uma bolinha de tênis, mas uma Confissão de fé, um diretório de culto e os catecismos. "Toma e lê..."

Um comentário:

Naziaseno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.